Bem-vindo à Würth Portugal Apenas para clientes profissionais
Porcas estriadas Zinco níquel, passivado a transparente com vedação para parafusos para caixilhos
Porcas estriadas Zinco níquel, passivado a transparente com vedação para parafusos para caixilhos - 1
Porcas estriadas Zinco níquel, passivado a transparente com vedação para parafusos para caixilhos - 2
Porcas estriadas Zinco níquel, passivado a transparente com vedação para parafusos para caixilhos - 3

Seleccione artigos individuais na tabela abaixo para encontrar informação detalhada, mais imagens e documentos.

Porcas estriadas Zinco níquel, passivado a transparente com vedação para parafusos para caixilhos

A partir de M12 com rosca fina

Ler descrição do artigo

Disponível em 1 design

Entre na sua conta para ver preços

Ver stock em loja
Exclusivamente para clientes comerciais

Registe-se agora para ter acesso a mais de 15 100 produtos

Variantes

Exclusivamente para clientes comerciais

Registe-se agora para ter acesso a mais de 15 100 produtos

Linha de apoio ao cliente: +351 211 989 840

Preços exibidos para clientes após o iníciar sessão

A partir de M12 com rosca fina (passo de rosca 1,5 mm)



Sem crómio (VI)


Em conformidade com a Diretiva da UE relativa aos veículos em fim do ciclo de vida



Resistência à corrosão


Aprox. 720 horas de corrosão no metal da base em conformidade com a DIN EN ISO 9227-NSS



As resistências à corrosão especificadas aplicam-se aos testes à corrosão de acordo com a norma DIN EN ISO 9227-NSS (teste de névoa salina), no mínimo 24 h após o revestimento no estado "tal como revestido", ou seja, antes da separação, embalagem, transporte e/ou montagem. Estes valores podem ser reduzidos através de processos de montagem e manuseamento inevitáveis. Na maioria dos casos, não é possível uma transferência das resistências à corrosão do teste de névoa salina para condições de operação e montagem reais. Ao conceber ligações, devem ser considerados pelo designer tanto os materiais combinados como quaisquer revestimento e as condições ambientais durante a operação, aquando da seleção de um revestimento de proteção anticorrosiva adequado.



Princípio de funcionamento das estrias de bloqueio:


Durante o aperto, as estrias de bloqueio rolam o material na área da superfície de contacto da porca. Isto provoca uma deformação plástica que endurece a superfície. Não foi determinado um posicionamento significante no final do aperto. As estrias de bloqueio limitam a quantidade de posicionamento da ligação e, assim, reduzem a perda de força de pré-tensão.